Oscar: Palpites e (meus) favoritos

A entrega do Oscar acontece no próximo domingo e resolvi criar um post com palpites. Vou dizer quem eu acho que vai levar o prêmio e quem eu acho que deveria. Então, vamos ver se acerto alguma coisa.

Obs.: Como não vi nenhum dos indicados a curta-metragem ou documentário, não vou opinar sobre essas categorias.

Melhor filme

Essa é a principal categoria do Oscar e a mais difícil de predizer. Mas vamos lá. Acho que a Academia vai se render a Aronofsky. Cisne Negro é um filme completo, digno da estatueta. Porém, gostaria muito que A Origem levasse o prêmio. Por ser uma ficção científica para as massas, mas ao mesmo tempo ser um ótimo exemplar de cinema. Merecia. Mas acho difícil. Os indicados são:

Cisne Negro
O Vencedor
A Origem
O Discurso do Rei
A Rede Social
Minhas Mães e meu Pai
Toy Story 3
127 Horas
Bravura Indômita
Inverno da Alma

Melhor diretor

A segunda mais difícil, os concorrentes são muito bons. Darren Aronofsky deve levar principalmente porque já deveria ter ganho esse prêmio. Mas eu também gostaria de David Fincher levantando a estatueta. Ele também já deveria ter levado um Oscar pra casa.

Darren Aronofsky – Cisne Negro
David Fincher – A Rede Social
Tom Hooper – O Discurso do Rei
David O. Russell – O Vencedor
Joel e Ethan Coen – Bravura Indômita

Melhor ator

Bem provável que Colin Firth leve o prêmio, afinal ele tem recebido muitos elogios e já ganhou o BAFTA, o equivalente inglês do Oscar. Pessoalmente gostaria do Jeff Bridges. Seria seu segundo Oscar seguido além do segundo Oscar pro personagem, que fez John Wayne ganhar seu primeiro e único homenzinho dourado pelo Bravura Indômita original.

Jesse Eisenberg – A Rede Social
Colin Firth – O Discurso do Rei
James Franco – 127 Horas
Jeff Bridges – Bravura Indômita
Javier Bardem – Biutiful

Melhor atriz

Não tem pra ninguém. Natalie Portman se não ganhar esse prêmio, não ganha mais. A interpretação dela em Cisne Negro é visceral, tem que levar.

Nicole Kidman – Reencontrando a Felicidade
Jennifer Lawrence – Inverno da Alma
Natalie Portman – Cisne Negro
Michelle Williams – Blue Valentine
Annette Bening – Minhas Mães e meu Pai

Melhor ator coadjuvante

Christian Bale, pelo tanto que se doou para o personagem deve levar esse prêmio. Mas Jeremy Renner também dá um show em Atração Perigosa. Esse eu empato com os dois. O que levar eu me contento.

Christian Bale – O Vencedor
Jeremy Renner – Atração Perigosa
Geoffrey Rush – O Discurso do Rei
John Hawkes – Inverno da Alma
Mark Ruffalo – Minhas Mães e meu Pai

Melhor atriz coadjuvante

Hailee Steinfeld, por favor.

Amy Adams – O Vencedor
Helena Bonham Carter – O Discurso do Rei
Jacki Weaver – Animal Kingdom
Melissa Leo – O Vencedor
Hailee Steinfeld – Bravura Indômita

Melhor longa animado

Como esses dois podem concorrer com um longa animado que também está no páreo para Melhor Filme? Toy Story 3 deve levar e é o que eu gostaria também.

Como Treinar o Seu Dragão
O Mágico
Toy Story 3

Melhor filme em lingua estrangeira

Biutiful deve levar. Também torço por ele.

Biutiful
Fora-da-Lei
Dente Canino
Incendies
Em um Mundo Melhor

Melhor direção de arte

Guy Hendrix Dias fez um ótimo trabalho em A Origem, mas, como a Academia gosta de pompa, O Discurso do Rei deve levar.

Alice no País das Maravilhas
Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I
A Origem
O Discurso do Rei
Bravura Indômita

Melhor fotografia

Jeff Cronenweth fez um trabalho digno de seu pai, Jordan, em A Rede Social. Wally Pfister continua o a parceria com Christopher Nolan em A Origem. Talvez um deles leve (é, esse eu fico entre dois). Mas, Roger Deakins, de Bravura Indômita, merece muito esse prêmio.

Cisne Negro
A Origem
O Discurso do Rei
A Rede Social
Bravura Indômita

Melhor figurino

Discurso do Rei deve levar, e se acontecer, será muito justo.

Alice no País das Maravilhas
I am Love
O Discurso do Rei
The Tempest
Bravura Indômita

Melhor edição

127 Horas tem uma edição digna de videoclipes e ajuda a manter o filme num ritmo constante. Mas, numa linha mais clássica, Cisne Negro possui uma edição belíssima, principalmente nos momentos finais. Torço pra este último, mas minha aposta é o primeiro.

Cisne Negro
O Vencedor
O Discurso do Rei
A Rede Social
127 Horas

Melhor trilha sonora

Hans Zimmer criou mais que uma trilha em A Origem. Ele deu alma ao filme. Os outros indicados só fizeram o feijão com arroz. Talvez o mais inovador tenha sido Trent Reznor em A Rede Social, mas mesmo assim, não bate a utilização impecável da música no filme de Chris Nolan.

Alexandre Desplat – O Discurso do Rei
John Powell – Como Treinar o seu Dragão
A.R. Rahman – 127 Horas
Trent Reznor e Atticus Ross – A Rede Social
Hans Zimmer – A Origem

Melhor canção original

If I Rise faz a linha que geralmente leva a estatueta, a de pop chato. Minha torcida fica para We Belong Together de Toy Story 3.

“Coming Home” – Country Strong
“I See the Light” – Enrolados
“If I Rise” – 127 Horas
We Belong Together – Toy Story 3

Melhor Maquiagem

O Lobisomem deveria levar pela criatura ser mais baseada em maquiagem do que em efeitos visuais. É a minha aposta e torcida também.

O Lobisomem
Caminho da Liberdade
Minha Versão para o Amor

Melhor Edição de som

Não tem nem o que dizer, A Origem leva esse.

A Origem
Toy Story 3
Tron – O Legado
Bravura Indômita
Incontrolável

Melhor Mixagem de som

Torço pra Origem, mas A Rede Social é um concorrente forte.

A Origem
Bravura Indômita
O Discurso do Rei
A Rede Social
Salt

Melhor Efeitos especiais

O melhor efeito especial é aquele que você nem percebe que está lá. Nolan faz isso com seus efeitos tão inerentes à história que parecem orgânicos e não digitais. A Origem de novo é minha torcida, porém, Homem de Ferro 2 faz a linha exagerada que costuma impressionar os velhinhos da Academia.

Alice no País das Maravilhas
Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte I
Além da Vida
A Origem
Homem de Ferro 2

Melhor Roteiro adaptado

A Rede Social deve levar, mas Bravura Indômita adapta tão bem o humor ácido do livro original que sou obrigado a ter esse como favorito.

A Rede Social
127 Horas
Toy Story 3
Bravura Indômita
Inverno da Alma

Melhor Roteiro original

Meu favorito é A Origem. Mas pela idéia e por ser tão voltado pra superação, a Academia deve premiar o Discurso do Rei.

Minhas Mães e meu Pai
A Origem
O Discurso do Rei
O Vencedor
Another Year

Continua...
 
Copyright (c) 2010 Blogger templates by Bloggermint