Veja os "vencedores" do Framboesa de Ouro 2008

 

O Oscar começa daqui a pouco para eleger os melhores do cinema no último ano. Mas, se você tem a curiosidade mórbida de saber quem foram os piores, veja abaixo a lista dos contemplados com o Troféu Framboesa de Ouro.

Eu Sei Quem me Matou, terror em que Lindsay Lohan é uma stripper, líder em indicações, faturou quase tudo! Inclusive pior filme de terror. E o páreo estava dificil, nessa categoria a concorrência vinha forte com Hannibal - A Origem do Mal. Eu sei... levou oito das nove indicações que tinha, batendo o recorde histórico do prêmio! Incrível.

Também saiu queimado Eddie Murphy, que concorria nas oito categorias. Ele acabou levando três: Pior Ator, Pior Ator Coadjuvante e Pior Atriz Coadjuvante, culpa dos vários papéis que interpreta no execrável Norbit

Confira a lista completa - vencedores em negrito:

Pior Filme

  • Eu Sei Quem me Matou
  • Bratz
  • Acampamento do Papai
  • Eu os Declaro Marido e... Larry!
  • Norbit

Pior Ator

  • Eddie Murphy (no papel de Norbit em Norbit)
  • Nicolas Cage (Motoqueiro Fantasma, A Lenda do Tesouro Perdido: O Livro dos Segredos e O Vidente)
  • Jim Carrey (O Número 23)
  • Cuba Gooding, Jr. (Acampamento do Papai e Norbit)
  • Adam Sandler (Eu os Declaro Marido e... Larry!)

Pior Atriz

  • Lindsay Lohan como Aubrey (Eu Sei Quem me Matou)
  • Lindsay Lohan como Dakota (Eu Sei Quem me Matou)
  • Jessica Alba (Awake, Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado e Maldita Sorte)
  • Logan Browning, Janel Parrish, Nathalia Ramos & Skyler Shaye - Pelo preço de uma! (Bratz)
  • Elisha Cuthbert (Captivity)
  • Diane Keaton (Minha Mãe Quer Que Eu Case)

Pior Ator Coadjuvante

  • Eddie Murphy como Sr. Wong (Norbit)
  • Orlando Bloom (Piratas do Cocô-ribe: No Fim da Inteligência)
  • Kevin James (Eu os Declaro Marido e... Larry!)
  • Rob Schneider (Eu os Declaro Marido e... Larry!)
  • Jon Voight (Bratz, A Lenda do Tesouro Perdido: O Livro dos Segredos, September Dawn e Transformers

Pior Atriz Coadjuvante

  • Eddie Murphy como Rasputia (Norbit)
  • Jessica Biel (Eu os Declaro Marido e... Larry! e O Vidente)
  • Carmen Electra (Deu a Louca em Hollywood)
  • Julia Ormond (Eu Sei Quem me Matou)
  • Nicolette Sheridan (Operação Limpeza)

Pior Par

  • Lindsay Lohan & Lindsay Lohan como a Yang do seu próprio Yin (Eu Sei Quem me Matou)
  • Jessica Alba & Hayden Christensen (Awake)
    ou Dane Cook (Maldita Sorte)
    ou Ioan Gruffudd (Quarteto Fantástico e o Surfista Prateado)
  • Qualquer combinação de dois personagens descerebrados (Bratz)
  • Eddie Murphy como Norbit & Eddie Murphy como Sr. Wong
    ou Eddie Murphy como Rasputia (Norbit)
  • Adam Sandler & Kevin James
    ou Jessica Biel (Eu os Declaro Marido e... Larry!)

Pior Refilmagem ou Cópia

  • Eu Sei Quem me Matou (cópia de Hostel, Jogos Mortais e The Patty Duke Show - comédia familiar de 1963)
  • Uma Casa de Pernas Para o Ar (Refilmagem/Cópia de Lar, Meu Tormento, de 1948)
  • Bratz (Uma paródia de si mesmo!)
  • Deu a Louca em Hollywood (Paródia de todos os filmes que parodia)
  • Who's Your Caddy? (Cópia de Clube dos Pilantras)

Pior Prelúdio ou Seqüência

  • Acampamento do Papai
  • Aliens Vs Predador 2
  • A volta do Todo Poderoso
  • Hannibal - A Origem do Mal
  • O Albergue: Parte II

Pior Diretor

  • Chris Siverston (Eu Sei Quem me Matou)
  • Dennis Dugan (Eu os Declaro Marido e... Larry!)
  • Roland Joffe (Captivity)
  • Brian Robbins (Norbit)
  • Fred Savage (Acampamento do Papai)

Pior Roteiro

  • Eu Sei Quem me Matou (escrito por Jeffrey Hammond)
  • Acampamento do Papai (Roteiro de Geoff Rodkey e David J. Stem & David N. Weiss)
  • Deu a Louca em Hollywood (escrito por Jason Friedberg & Aaron Seltzer)
  • Eu os Declaro Marido e... Larry! (escrito por Barry Fanaro e Alexander Payne & Jim Taylor)
  • Norbit (roteiro de Eddie Murphy & Charles Murphy e Jay Sherick & David Ronn)

Pior Desculpa para um Filme de Terror (Nova categoria)

  • Eu Sei Quem me Matou
  • Aliens Vs Predador 2
  • Captivity
  • Hannibal - A Origem do Mal
  • O Albergue: Parte II

Amanhã confira os vencedores do Oscar aqui no Re-enter.

Continua...

Resenha: Lenny Kravitz – It’s Time for A Love Revolution

 

http://www.edonis.fr/wp-content/uploads/2007/10/lennykravitz_cover_20081.jpgQuando veio ao Brasil para o Live Earth, Lenny Kravitz aproveitou para se isolar em uma fazenda e gravar seu novo album, o recém-lançado It’s Time for A Love Revolution. Mas o que a nova investida do artista tem de novo? Sinceramente? Nada. E isso é mais do que necessário para fazer desse, um dos melhores trabalhos de Kravitz.

Seu som sempre foi ultrapassado, buscando nas raízes dos anos 70, ritmo, riffs e temas. E exatamente por isso “It’s Time...” é tão bom. Como em seus primeiros álbuns, Lenny está mais afiado do que nunca nessa busca por um som datado. Seu mais bem sucedido lançamento, o CD “5”, foi o começo de uma fase mais pop que chegou ao auge com “Baptism”, não por acaso um CD fraco. Tentativas frustradas de “inovação” como a parceria com Jay-Z provavelmente levaram Kravitz a um retorno ao que ele realmente sabe fazer: rock sem frescuras.

Em “It’s Time...”, como de costume, o músico gravou sozinho todos os instrumentos, o que rende um som mais intimista, principalmente num álbum em que o tema central é o amor. Todas as músicas refletem isso, de uma maneira que só Prince havia feito até agora. Letras que parecem ter saido de algum blues inspirado, melodias que refletem de Queen (a faixa A Long and Sad Goodbye parece até homenagem a Bryan May) a Black Crowes (impossível não se lembrar da banda ao ouvir If You Want It), “It’s Time...” vale ser escutado várias vezes, nem que seja para ficar procurando as inspirações de Lenny.

Mas nem tudo são elogios. Mais uma vez, seu primeiro single não faz justiça ao álbum e a faixa I’ll Be Wating é provavelmente a mais fraca. Não representa o peso das canções mais “hard” e nem as outras belíssimas baladas contidas no CD.

Numa época em que a música não tem mais aquele feeling ou originalidade de antigamente, é até irônico que um artista consiga criar boas canções exatamente por não ser original. Mas esse tipo de coisa é pra quem pode, e não pra quem quer.

Continua...
 
Copyright (c) 2010 Blogger templates by Bloggermint